Como decorar um apartamento T1 com apenas mil euros Featured

06 abril 2017 by Decoração 1011 Views

Mobilámos um apartamento, de um quarto, com mil euros — e incluímos eletrodomésticos. Também não nos esquecemos das peças de decoração, essenciais para dar aquele ar especial e acolhedor ao novo lar doce lar.

 

Aquela fase complicada de sair da casa dos pais e deixar todo o conforto que conhecemos desde que nascemos nunca é fácil. E, por vezes, o pior é quando realmente temos que deixar as “nossas” coisas — que, na verdade, nunca foram nossas — e começar do zero com apenas alguns trocos no bolso. 

Existem umas quantas coisas a ter em atenção quando se anda à procura de casa. Primeiro, há que ser inteligente a na pesquisa para não acabar num sítio sem a mínima qualidade e quase sem espaço para se virar. Uma vez ultrapassada esta fase, é preciso preparar-se para a próxima dor de cabeça: mobilar e decorar a casa. 

O bicho de sete cabeças que são os eletrodomésticos porque são caríssimos e complicados de escolher; os móveis — porque ninguém vai dormir no chão; e, por fim, a decoração ideal para conseguir dar um ar de casa àquele espaço que está a ser desenvolvido (lentamente) na nossa imaginação. 

Mas tudo é possível. Com apenas mil euros, a NiT foi às compras com o objetivo de mobilar e decorar um apartamento completamente vazio (mas com armário embutido no quarto). À primeira vista parece algum dinheiro e que até dará para comprar as coisas mais lindas — independentemente do preço —, mas não se engane: quando se metem móveis e eletrodomésticos ao barulho a decoração sofre sempre um bocadinho. 

Visitámos o KuantoKusta, o OLX, a Rádio Popular, a IKEA, a Zara Home, e a La Redoute e conseguimos encontrar todas as coisas que são realmente necessárias nos primeiros tempos de uma primeira casa. Mesa de cozinha, cama, candeeiros, lençóis, pratos, toalhas e tigelas são apenas algumas das peças que achamos importantes e que não podem faltar em qualquer lar que se preze. 

Depois das compras fizemos as contas: gastámos 994,29€ para conseguirmos ter os mínimos. No bolso ficou 1,71€ — que ainda daria para voltar ao IKEA e comprar uma moldura (ou duas, depende do modelo e tamanho). Ou para beber uma cerveja para comemorar.

Carregue na imagem para descobrir as escolhas económicas. 

 

Rate this item
(0 votes)

Junta te à Família Igu e mantêm te actualizado.